11 de maio de 2016

Começa a votação do Impeachment no Senado



Iniciou agora a sessão que vai votar o processo de impeachment no plenário do Senado. Cada senador inscrito, ao todo 68, terão direito a um pronunciamento de até 15 minutos. Os senadores não poderão exceder os 15 minutos, sendo que os microfones deverão ser cortados após esse prazo. 

Antes do início da votação, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, terá 15 minutos para fazer a defesa da presidente Dilma Rousseff no plenário do Senado. Ele será precedido pelo relator do caso, Antônio Anastasia (PSDB-MG), que também terá 15 minutos para falar sobre seu parecer, que é favorável ao afastamento da presidente.  

A sessão será dividida em três blocos, com intervalos de uma hora entre cada um. De manhã, das 9h às 12h; à tarde, das 13h às 18h; e à noite, de 19h em diante, podendo inclusive se estender durante a madrugada. Segundo o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), os trabalhos serão encerrados somente na conclusão da deliberação. 

Se for aprovado o relatório da comissão, o processo é oficialmente instaurado e a presidente Dilma Rousseff afastada por até 180 dias e assumirá interinamente o Vice-presidente Michel Temer. Em caso contrário, o processo é arquivado e Dilma segue à frente do Executivo.

A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com mandado de segurança pedindo anulação do processo de impeachment. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki foi sorteado e deverá decidir ainda hoje sobre ação do governo contra impeachment. A previsão é que o Ministro Teori Zavascki divulgue sua decisão a partir das 10 horas da manhã de hoje.

Praticamente todos os senadores estão presentes na casa. O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, disse que não pretende votar, para manter a isenção e imparcialidade de sua posição, de presidente da casa. Renan Calheiros acredita que, independentemente do resultado, a votação será unânime, por maioria simples.

Confira a  previsão da votação por governistas e opositores:

  • 21 a 24 votos contra o impeachment
  • 55 a 56 votos a favor do impeachment
Se a previsão se confirmar haverá, portanto, o afastamento da Presidente Dilma Rousseff.

Nenhum comentário:

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site