1 de setembro de 2012

AS PESQUISAS E O FATOR "MANUELA" NAS ELEIÇÕES DE PORTO ALEGRE



Eu “profetizei” que José Fortinati (PDT) continuaria como Prefeito de Porto Alegre. Meu diagnóstico foi com base na experiência política, nos anos de bagagem acumuladas, nas experiências eleitorais de 2004 e 2008, na qual fiz parte da Candidatura de José Fogaça,  e também com base no conhecimento do perfil do eleitor da capital, sem olhar nenhuma pesquisa de intenção de voto atual.
Entretanto meu diagnóstico fora um tanto precipitado pois, conforme os resultados das pesquisas recentes existe uma bela diferença de outras eleições e esse fato não pode ser ignorado.

O Cientista Político é um profissional que tem por base não apenas a experiência pragmática, mas os dados, as pesquisas, a conjuntura política e demais informações relevantes que o fazem apresentar um determinado diagnóstico e até mesmo “chutar um resultado”.

E de acordo com as pesquisas eleitorais, o que posso dizer é que o jogo está apenas começando e está EMPATADO!

Manuela D'avila pode sim ser a nova Prefeita de Porto Alegre!

Ocorre que Manuela (PC do B), vem assustadoramente crescendo nas pesquisas. Sua intenção de voto é superior a do PT, razão pela qual já afirmei que a candidatura petista não permanece com a mesma expressão de outras épocas. Isso se deve ao julgamento do Mensalão, aos problemas com a Educação no Estado, na qual não há respostas, e com a falta de popularidade do candidato petista, que até então era chamado de Adão Villa Verde e agora é o “Villa”. 

Boa parte dos eleitores de esquerda migrou, automaticamente para Manuela D'avila, que seria hoje a melhor representação da esquerda Petista, mais que o próprio PT.

Manuela consegue sintetizar muito bem o “sonho da esquerda”, buscando a igualdade tão sonhada pelos comunistas que tinham no socialismo a forma de ver o mundo, um pequeno resquício de ideologia, talvez quase morta na esperança das pessoas.

O Fato é que Manuela está "grudada" em Fortunati e, veja bem, é apenas Manuela. Obviamente que um bom vice é importante e Nelcir Tessaro (PSD) é um bom candidato. Tem um passado correto e honrado e isso ajuda ainda mais a vender a boa imagem da candidatura comunista.

Mas o fator que quero destacar aqui é que Manuela não vem munida de uma grande força de coalisão, não tem 9 partidos com ela. Mesmo assim ela parece demonstrar uma força impressionante. 

Sua campanha está nas ruas, tomando conta de cada esquina, de cada caixinha de correio, de cada pessoa que passa. O espírito de luta da candidatura Manuela é de "vencer ou vencer", não me parece haver outra ideia.

Acredito que os debates serão definitivos e penso que ambos os candidatos estarão fortemente preparados para se confrontar. Haverão muitas criticas, muitos temas polêmicos e, previamente, entendo que uma das grandes discussões será o Governo Federal, na qual muitos partidos fazem parte ou estão direta ou indiretamente ligados. Da mesma forma os debates dos Vices terá muita importância.

Infelizmente diagnósticos não podem ser dados sem conhecimento técnico de pesquisas e aprendi essa lição. Fortunati poderá ser surpreendido se a ascenção da comunista continuar crescente. A pergunta que fica é a seguinte: Manuela teria um teto? Será que há um limite para ela? Um grau máximo de aceitação do eleitorado Porto-alegrense? Ou ela vai se superar mais uma vez e demonstrar a razão de ser um fenômeno nas urnas? As respostas virão em breve...

Se o cenário continuar dessa maneira haverá segundo turno e se houver segundo turno Manuela poderá vencer a eleição, principalmente se obter o apoio do PT,  partido de maior afinidade política.

Fortunati e seus aliados terão muito trabalho. O jogo está empatado e ainda tem todo o primeiro tempo pela frente e mais o segundo tempo. 

Essa não é uma corrida de cem metros, precisarão de fôlego e vencerá quem perseverar!

Mas então...quem estará mais preparado? Quem terá os melhores argumentos? Quem poderá representar melhor os gaúchos da capital?

Estou acompanhando atentamente os programas de TV dos candidatos e o programa de Manuela tem melhorado significativamente. O programa de Fortunati ainda não respondeu certas provocações, mas a briga promete ser boa!

As pesquisas mostram que a diferença é pequena e tudo pode acontecer! 

3 comentários:

Anônimo disse...

O caso nem é mais saber se vence: isto está clarividente. Agora o que devemos nos ater é a possibilidade concreta de Manuela vencer AINDA no primeiro turno. E as condições estão postas: grande crescimento; militância jovem e destemida; apoio de petistas já no primeiro turno; apoio de pequena, mas consistente, base pmdbista; apoio de setores insatisfeitos da coligação de Fortunati (aqui um breve comentário: o que tem de gente descontente com o grau de inconsistência da propaganda do fortunati, com muitas "mentiras" e atentados a os fatos. A cidade não está melhor). Candidatos a vereadores da imensa e imensurável base fortunati estão de "corpo mole": Não querem perder (com razão) os votos de uma "coligação branca" com Manuela, que é fenomenal e determinada, além de inovadora. Voto em outra candidatura (PSOL), mas vejo e acompanho eleições desde 1982: fenômeno Manuela é Real.

Anônimo disse...

Estou pasma: vem uma pesquisa Methodus que dá Manuela já com 40,6% contra 32,4% de Fortunati... Talvez esteja errada, pois dá Villa com 11,5%. Daí seria muito pouco a possibilidade dos outros candidatos e dos brancos/nulos...

Anônimo disse...

à anônima pasma, você leu invertido o resultado da pesquisa, Fortunati inclusive aumentou a diferença sobre Manuela, nas pesquisas do Methodus, Datafolha e Correio do Povo. Será que a candidatura da Manu perdeu o gás? Vai entender eleitor...

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site