1 de março de 2011

REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA TERÁ CUSTO DE R$ 2,095 BILHÕES



O reajuste previsto para o Programa Bolsa Família deste ano terá um custo de R$ 2,095 bilhões além dos R$ 13,4 bilhões previstos no Orçamento da União deste ano e mais R$ 1 bilhão de reserva.

Em nota, o Ministério do Planejamento informou que os recursos virão de reservas previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA) e de redistribuição de recursos de outros órgãos.

Um decreto de suplementação vai disponibilizar R$ 1,34 bilhão, sendo que R$ 1 bilhão estão previstos na LOA e o restante, R$ 340 milhões, serão remanejados internamente do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Um projeto de lei vai complementar os recursos, remanejando R$ 755 milhões da reserva de contingência.

Segundo a nota, "o aumento do Bolsa Família não compromete a consolidação fiscal e a redução de despesas previstas para 2011, de R$ 50 bilhões, anunciados ontem (28)".


ANÁLISE DO EDITOR::

O tira daqui e põe ali dos investimentos orçamentários do Governo Federal tem como base o pragmatismo do resultado político. O Bolsa Família sabidamente é o programa assistencialista mais famoso do Governo Petista e este assegura bons resultados eleitorais. Com a ampliação imediata do Bolsa Família os resultados se darão logo ali, nas eleições de Prefeito, que vão ocorrer em todo o País. Com isso o PT consolida-se ainda mais no poder, em todas as instâncias relevantes, dando uma aula de organização e Maquiavelismo aos demais partidos e a quase inexistente oposição. Ninguém segura o PT!

Nenhum comentário:

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site