28 de fevereiro de 2011

GOVERNO FEDERAL CORTA R$ 5 BILHÕES DO "MINHA CASA MINHA VIDA"

O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida será afetado de forma drástica neste ano. A razão para isso está no corte de despesas no orçamento federal de 2011, definido pelo governo federal. O programa sofrerá um corte de mais de R$ 5 bilhões nos repasses do governo, o que representa 40% do contingenciamento. Com isso, a despesa do programa passará de R$ 12,7 bilhões para R$ 7,6 bilhões.

A ministra Miriam Belchior (Planejamento) disse que a redução de despesa tem relação com o fato de que a segunda parte do programa habitacional não ter sido aprovada pelo Congresso, o que deve ocorrer em abril. "Ainda assim, o orçamento do programa para este ano está R$ 1 bilhão maior do que ocorreu no ano passado, quando houve a maior parte das contratações do Minha Casa Minha Vida", afirmou a ministra.
Miriam destacou que até o momento nenhum centavo dos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), nem dos gastos com programas sociais foi cortado.


ANÁLISE DO EDITOR::

Ninguém questiona que os cortes são necessários, até para equilibrar as contas, já que nunca na história deste país um governo gastou tanto. A questão é não cortar o que não deve.

Para conseguir cumprir o corte de R$ 50 bilhões no orçamento da União em 2011, o governo federal, por exemplo, não realizará nenhum concurso público este ano e também não irá negociar novos reajustes de servidores. Isso até pode ser compreendido, mas cortar da habitação não estava no combinado. Ainda mais quando se fala em habitação popular, para as “pessoas que mais precisam”. O programa Minha casa Minha vida é a esperança de milhares de famílias brasileiras que querem sair do aluguel para ter a casa própria, e agora?

Infelizmente o discurso de campanha não bate com a prática administrativa e as tomadas de decisão são feitas sem a participação do povo. Esperamos que as medidas adotadas pela Presidente Dilma Rousseff visem o bem da população acima de tudo e não apenas a governabilidade e missão incumbidas pelo ex-Presidente Lula.

Em campanha política Dilma disse que iria fazer muita casa pelo Brasil. Não vai mais? Que esse corte no programa não atrapalhe a veracidade de seu discurso...


Assista agora a um vídeo da Candidata Dilma, na Propaganda Eleitoral veiculada em 11/09/2010, falando sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida:

video

27 de fevereiro de 2011

OSCAR 2011 - CONFIRA OS GRANDES VENCEDORES:


O dia mais esperado pelos viciados em filmes e curiosos do mundo todo chegou. A cerimônia da 83ª edição do Oscar aconteceu neste domingo (27), em Los Angeles, para premiar os melhores do ano no cinema. Os anfitriões foram James Franco, que também concorreu a melhor ator por "127 horas", e Anne Hathaway. A Academia apostou neles para atrair a audiência jovem.

Especialmente para nossos leitores, fãns de cinema e arte segue abaixo a lista completa dos grandes vencedores da maior festa do cinema internacional.


OS VENCEDORES:



Melhor Trilha Sonora Original
A Rede Social

Melhor Mixagem de Som
A Origem

Melhor Edição de Som
A Origem

Melhor Maquiagem
O Lobisomem

Melhor Figurino
Alice no País das Maravilhas

Melhor Curta em Documentário
Strangers No More

Melhor Curta
God Of Love

Melhor Documentário
Trabalho Interno

Melhores Efeitos Visuais
A Origem

Melhor Edição
A Rede Social

Melhor Canção Original
We Belong Together de Toy Story 3

Melhor Diretor
Tom Hooper, por O Discurso do Rei

Melhor Atriz
Natalie Portman, por Cisne Negro

Melhor Ator
Colin Firth, por O Discurso do Rei

Melhor Filme
O Discurso do Rei

EX-SENADOR OCTÁVIO CARDOSO É VELADO EM PORTO ALEGRE


O ex-senador gaúcho Octávio Cardoso morreu na madrugada de sábado para domingo, aos 80 anos, vítima de complicações cardíacas, em Brasília. Cardoso era casado com a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS).

O governador Tarso Genro esteve presente no Cemitério São Miguel e Almas, na noite deste domingo (27), para despedir-se do ex-senador. O chefe do Executivo estava acompanhado da filha, Luciana Genro, e do presidente da Assembleia Legislativa, Adão Villaverde.


QUEM FOI OCTÁVIO CARDOSO

Natural de Rio Pardo, bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Cardoso foi promotor de Justiça e Secretário de Economia na segunda passagem de Ildo Meneghetti pelo governo do Estado. O advogado exerceu cargos públicos eletivos, como vereador, deputado estadual e deputado federal. Em 1978, Cardoso foi eleito senador suplente. Assumiu a cadeira de Tarso Dutra em 1983 e cumpriu o mandato até 1987.

ONU APROVA SANÇÔES AO GOVERNO LIBANÊS COM "AMÉM" DOS EUA


O Conselho de Segurança da ONU aprovou neste sábado (26), por unanimidade - 15 votos a zero - sanções mais duras ao governo do libanês Muammar Kadafi.

A medida foi tomada devido a reações violentas de Kadafi contra as manifestações que tomaram conta do país nos últimos dias.

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, afirmou neste domingo (27) que o país está preparado para fornecer “qualquer tipo de ajuda” à oposição ao regime do líder líbio “Estamos no início da era pós-Kadafi”, declarou ela.

O BRASIL PERDE MOACYR SCLIAR


Faleceu hoje (27), à 1h da madrugada, aos 73 anos, o escritor gaúcho Moacyr Scliar, de falência múltipla dos órgãos. Ele havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral) em 16 de janeiro enquanto se recuperava de uma cirurgia no intestino.

Scliar é velado desde às 14h, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. O sepultamento será nesta segunda-feira (28) pela manhã, em cerimônia reservada a familiares e amigos. Ele havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral) em 16 de janeiro enquanto se recuperava de uma cirurgia no intestino.

A presidente Dilma Rousseff, lamentou a morte do escritor gaúcho Moacyr Scliar. Em nota oficial, ela afirmou ter recebido com pesar a notícia.

No comunicado, Dilma classificou Scliar como ícone não apenas da literatura brasileira, mas de todo o continente latino-americano. A presidente também ressaltou que a obra do escritor, que produziu mais de 70 livros, representou a sociedade brasileira. O Governador Tarso Genro decretou luto oficial de três dias no Estado do Rio Grande do Sul.


QUEM FOI MOACYR SCLIAR

Moacyr Jaime Scliar nasceu em 23 de março de 1937, em Porto Alegre. Era casado com Judith, com quem teve um filho, Roberto. Seus pais, José e Sara Scliar, oriundos da Bessarábia (Rússia), chegaram ao Brasil em 1904. A mãe, professora primária, foi quem o alfabetizou.

Scliar formou-se médico pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1962. No mesmo ano, publicou seu primeiro livro, "Histórias de médico em formação", coletânea de contos baseados em sua experiência como estudante. O escritor fez residência Santa Casa de Porto Alegre, onde se especializando como médico sanitarista.

Em 1968, publicou "O carnaval dos animais", que considerava de fato sua primeira obra. Em 1969, assumiu o cargo de chefe da equipe de educação em saúde da Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul. No ano seguinte, iniciou um curso de pós-graduação em medicina comunitária no Instituto de Seguro Médico de Israel. Em 1971, lançou seu primeiro romance, "A guerra no Bom Fim", um dos mais importantes de sua carreira.

Integrante da Academia Brasileira de Letras desde 2003 e vencedor de quatro prêmios Jabuti (1988, 1993, 2000 e 2009), o escritor publicou mais de 80 livros entre diversos gêneros literários: romance, crônica, conto, literatura infantil e ensaio. Em 2005, lançou pela Editora Ágora "O olhar médico - Crônicas de medicina e saúde" (184p., R$ 39,00). A obra trata de temas do cotidiano, como alimentação e exercícios físicos, sobre questões de saúde, como dor e consumo de remédios, e temas existenciais profundos como velhice e morte.

Scliar acreditava que a literatura, ao menos a autêntica, versava, na maioria das vezes, sobre a condição humana, suas ansiedades, medos, paixões. "O humano está presente em tudo, mas revela-se sobremaneira na doença e nas experiências com a morte, talvez a maior angústia humana. "O medo de morrer e o sofrimento causado pela doença nos fazem mais frágeis e nos tiram as máscaras que usamos em nosso dia-a-dia", dizia.

Com elegância e bom humor, duas qualidades do seu inconfundível estilo literário, as obras de Scliar tiveram forte influência da literatura fantástica e da tradição judaica. Seus livros frequentemente abordam a imigração judaica no Brasil, mas também tratam de temas como o socialismo, a medicina e a vida da classe média. A obra de Scliar já foi traduzida para doze idiomas. Algumas delas ganharam adaptação para o cinema, televisão, rádio e teatro, inclusive no exterior.

26 de fevereiro de 2011

GOVERNO ANTECIPA PARA SEGUNDA-FEIRA OS DETALHES DO CORTE ORÇAMENTÁRIO


O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão antecipou para segunda-feira (28), o detalhamento do corte do Orçamento da União deste ano. O horário não foi divulgado. O anúncio será feito pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Segundo uma fonte do Planejamento, as negociações andaram mais rápidas que o esperado, o que provocou a antecipação do anúncio do detalhamento. Inicialmente, estava previsto para a próxima quarta-feira (2).

No último dia 9, o governo divulgou corte de R$ 50 bilhões no Orçamento. Mesmo sem detalhar os valores, Mantega afirmou que todos os ministérios seriam afetados. As informaçoes são da Agencia Brasil.

AFINAL O SENADOR PEDRO SIMON ESTÁ OU NÃO COM O GOVERNO FEDERAL?


O Senador Pedro Simon (PMDB) acabou comprando briga com os dois lados ao se omitir na votação do novo mínimo.

Os pontos de vista:

A Oposição acha que Simon votou com o governo, porque abstenção beneficia a maioria.

E o governo acha que Simon votou com os adversários, porque seu Partido (PMDB) é da base e foi exigida fidelidade de todos os senadores da base.

Ameaças:

Em Porto Alegre, o secretário Geral da presidência, Gilberto Carvalho, "avisou": Simon vai ver o que é bom.



COMENTÁRIO DO EDITOR:


Afinal, por que o Senador Simon se absteve de decidir? Por que não marcou sua posição nas votações? O Governo Federal parece não estar satisfeito, apesar das abstenções sempre favorecerem a maioria.

Será que o Senador Simon vai se dobrar as ameaças? Ou será que irá reagir? Pode ser que daqui para frente ele começe a tomar posições mais claras, caso alguém tenha dúvidas de que lado ele está.

Quanto ao "aviso" do Sr. Ministro Gilberto Carvalho, em tom ameaçador, esta não é uma atitude diplomática, nem republicana, nem civilizada e demonstra a postura autoritária do Governo Petista. Mas isso já não é novidade!

TIRIRICA INTEGRARÁ COMISSÃO DE EDUCAÇÃO DA CÂMARA

O deputado federal Tiririca (PR-SP) vai integrar a Comissão de Educação e Cultura da Câmara. A informação foi confirmada pelo líder do partido na Casa, Lincoln Portela (MG). A indicação será oficializada na terça-feira, segundo o PR.

Foi o próprio Tiririca que pediu para entrar na comissão, por ela tratar da área em que ele atua, a cultura.

Tiririca foi o deputado federal mais votado nas eleições de 2010, recebendo mais de 1,3 milhão de votos. Antes de assumir, ele teve de provar à Justiça eleitoral que não era analfabeto, sendo submetido a um teste de leitura e escrita.

Fonte: Agencia Brasil


COMENTÁRIO DO EDITOR:

É por isso que o Brasil é desse jeito. Um analfabeto tratando de educação e cultura. Maravilha! Analfabetos frente a questões nacionais de relevância são uma constante em nosso país. Lulas, Tiriricas, e centenas de políticos em todos os estados, sem estudos nem preparo, cuidando dos interesses sociais. Esse é o Brasil!

25 de fevereiro de 2011

INFLAÇÃO DO ALUGUEL ACELERA ALTA DE 1%


A inflação medida pelo IGP-M acelerou este mês, e subiu 1,00% em fevereiro, após apresentar aumento de 0,79% em janeiro. A informação foi anunciada nesta sexta-feira (25), pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A taxa acumulada do IGP-M é muito usada no cálculo de reajustes de aluguel. Até fevereiro, o indicador acumula taxas de inflação de 1,80% no ano e de 11,30% em 12 meses.

Fonte: Fundação Getúlio Vargas (FGV).

OPOSIÇÃO LEVA BRIGA DO SALÁRIO MÍNIMO AO TRIBUNAL


Assim que a presidente Dilma Rousseff sancionar a lei do salário mínimo, partidos de oposição prometem protocolar no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação direta de inconstitucionalidade sustentando que a norma desrespeita a Constituição. A decisão do Planalto despertou polêmicas também fora do Congresso, com juristas adotando diferentes posições sobre o caso.

O principal ponto a ser contestado pelos oposicionistas é o artigo que permite ao governo reajustar o valor do mínimo por decreto, até 2015. Na ação protocolada por PPS, PSDB e DEM se dirá que a regra contraria a Constituição - pois esta impõe que o Congresso aprove lei específica toda vez que o mínimo for aumentado. Como apurou o Estado, esse entendimento tem o apoio de pelo menos 3 dos 11 ministros do STF.

"A ordem natural das coisas é a aprovação no Congresso, para ter-se lei no sentido formal e material", disse recentemente o ministro Marco Aurélio Mello. Outro integrante do STF previu "um debate quente" se a oposição de fato questionar a lei, mas convém considerar que o próprio STF encaminhou em 2010, ao Congresso, um projeto algo semelhante, pelo qual seus salários seriam reajustados, a partir de 2012, por uma espécie de gatilho salarial.

A iniciativa da oposição irritou o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), para quem "as questões políticas devem ser resolvidas dentro da Casa" . "O Senado se apequenou", reagiu o líder do PSDB, Alvaro Dias (PR), para quem a medida "é golpe."

Para o vice-presidente Michel Temer , a oposição "tem direito, mas não respaldo jurídico", para recorrer ao Supremo Segundo ele, o que o Executivo decretará, nos próximos anos, será apenas o resultado de uma conta fixada na lei aprovada anteontem. "Na verdade, se o Legislativo quiser, a qualquer momento propõe novo projeto de lei com outra política para o mínimo". As informações são do Estadão.

24 de fevereiro de 2011

KADAFI DIZ QUE BIN LADEN ESTÁ PROVOCANDO A REVOLTA NA LÍBIA

Muammar Kadhafi durante pronunciamento na TV estatal (Foto: AP)

A Líbia é o terceiro país da região conhecida como mundo árabe a enfrentar uma onda de revolta popular que pode culminar com o fim do regime do presidente, o ditador Muammar Kadhafi, no poder desde 1969.

Antes da Líbia, a onda de protestos em países no Oriente Médio e norte da África, inspirados no levante que derrubou o presidente da Tunísia, Zine El Abidine Ben Ali, também provocou a renúncia do presidente do Egito, Hosni Mubarak, que estava havia 30 anos no poder. Os protestos se espalham também por Jordânia, Iêmen, Argélia, Mauritânia, Marrocos, Sudão e Omã.

O Ditador líbio, Muammar Kadafi, disse quinta-feira (24) à televisão estatal que a revolta no país está a ser liderada pela rede terrorista al-Qaeda.

Kadafi falou à televisão estatal por telefone, fazendo apelos à população de Zawiyah, a poucas dezenas de quilómetros de Tripoli, onde estão a registar-se confrontos entre forças afectas ao líder líbio e rebeldes.

Segundo a tradução simultânea para inglês feita pela estação britânica BBC, Kadafi disse que a rebelião contra a sua autoridade é uma "farsa", e que os manifestantes são jovens "manipulados por Bin Laden", o líder da al-Qaeda.

O líder líbio disse ainda que os jovens que protestam nas ruas da Líbia estão "sob influência de alucinógenos", que lhes teriam sido distribuídos por "agentes estrangeiros".
Kadafi mencionou repetidamente Bin Laden e a al-Qaeda, denunciando as revoltas como manobras do "terrorismo internacional".

O Ditador líbio, no poder a 42 anos, traçou ainda paralelos com a situação no Iraque e no Afeganistão, sugerindo que a Líbia pode cair no caos e na guerra civil.


COMENTÁRIO DO EDITOR:

Cá entre nós, Kadafi é um mostro! Ele já foi apelidado de “Cachorro Louco do Oriente” pelo Presidente Americano Ronald Reagan e com toda a razão.

Prova disso é que Kadafi colocou seu exército para atirar nos manifestantes nas ruas e aqueles que se negam a atirar são mortos por traição (há imagens na internet de soldados mortos por não cumprir suas ordens).

O Ditador líbio culpa Bin Laden e a al-Qaeda pelos protestos, mas não percebe que o povo já cansou de seus 42 anos de castigo, miséria, angustia e sofrimento. Kadafi está grudado na cadeira do poder e diz que só sai morto. Bem, alguns líbios parecem gostar desta idéia.

A experiência recente, que derrubou Mubarak do Egito, certamente irá se repetir. O mundo está aprendendo com o povo do Oriente e os líbios aprenderam com os tunisianos e egípcios o caminho das pedras e agora já sabem como se defender de Ditadores abusados que querem viver eternamente no poder.

Mas e quanto a Cuba e Venezuela? Também são ditaduras. O mundo está assistindo e aprendendo. Eles que se cuidem, pois se a onda pegar...

PORTO ALEGRE NOVAMENTE É A ÚNICA CIDADE A TER AVANÇO DE PREÇOS


Porto Alegre novamente é a única capital pesquisada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) a apresentar avanço na inflação. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou variação de 1,24% na apuração realizada na terceira semana de fevereiro - resultado 0,34 ponto percentual superior ao divulgado na segunda semana, que foi de 0,90%.

Cinco das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram aceleração em suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos: Transportes e Alimentação, cujas taxas passaram de 0,66% para 1,75%, e de 0,88% para 1,84%, respectivamente. A análise deste resultado mostra que a pressão acima da variação média foi exercida pelos grupos: Alimentação, 1,84%, Transportes, 1,75%, e Despesas Diversas, 1,38%.

O levantamento indica ainda que se situaram em nível abaixo da variação média os grupos: Habitação, 0,97%; Educação, Leitura e Recreação, 0,82%; Saúde e Cuidados Pessoais, 0,76%; e Vestuário, -0,02%.

A inflação cedeu de 0,88% para 0,66% em São Paulo, de 0,62% para 0,37% em Salvador, de 0,50% para 0,29% em Brasília, de 0,70% para 0,61% em Belo Horizonte, de 0,50% para 0,25% no Recife e de 0,93% para 0,58% no Rio de Janeiro. As informações são do Jornal do Comércio.

SENADO APROVA MÍNIMO E ALIADOS ESPERAM POR NOMEAÇÕES

Foto Agencia Estado

Senado aprovou por ampla maioria nesta quarta-feira (23) e sem modificações, a política de reajuste para o salário mínimo até 2015 e o valor de 545 reais para este ano, num momento em que o governo realiza um esforço para controlar os gastos públicos o que inclui um corte no Orçamento de 2011. A proposta agora segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.

A votação do salário mínimo pelo Senado encerra a fase de espera imposta pela presidente Dilma Rousseff (PT) para dar andamento às nomeações do segundo escalão do Governo Federal.

PT e PMDB travaram no Congresso uma batalha para ver quem é mais leal a Dilma e agora querem ver seu esforço reconhecido pela presidente. Na Câmara, os peemedebistas deram 100% dos votos ao governo, enquanto o PT teve dissidências. No Senado, o PT conseguiu converter o dissidente Paulo Paim (RS).

Os líderes aliados acreditam que, a partir da próxima semana, pendências sobre o tema começarão a ser resolvidas. Além disso, dissidentes da própria base querem votar o fim do fator previdenciário, que não interessa ao Planalto.

O PMDB busca cargos no setor elétrico e em bancos públicos. Os nomes do ex-ministro Geddel Vieira Lima e do ex-governador José Maranhão estão na mesa para cargos de diretoria da Caixa Econômica Federal. Orlando Pessuti, ex-governador do Paraná, pode ser encaixado na diretoria de governo do Banco do Brasil.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), trabalha para ter a frente da Eletronorte o aliado José Antônio Muniz Lopes, ex-presidente da Eletrobras. O PT, à frente da maior parte dos ministérios, quer manter sua preponderância no segundo escalão. O foco do partido são áreas que possam trazer dividendos nas eleições de 2012.

Fonte: Agencia Estado

TAXA DE DESEMPREGO SOBE PARA 6,1% EM JANEIRO


Conforme dados divulgados nesta quinta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pela primeira vez em oito meses, o desemprego subiu nas seis principais regiões metropolitanas do país ficando em 6,1% em janeiro. Entretanto o desemprego registrado este ano é menos que do mesmo período do ano passado (72%).

A alta da taxa de desemprego já era esperada, devido as vagas temporárias que são criadas e fechadas no período natalino e de festas de fim de ano.

O desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país subiu pela primeira vez em oito meses e ficou em 6,1% em janeiro.A alta já era esperada, uma vez que muitas vagas temporárias criadas no fim do ano por causa do Natal são fechadas. O desemprego registrado em janeiro deste ano, porém, é menor que os 7,2% do mesmo mês de 2010.

Fonte: IBGE

23 de fevereiro de 2011

COLLOR É ELEITO PRESIDENTE DA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES NO SENADO


O senador Fernando Collor (PTB-AL) foi eleito há pouco presidente da Comissão de Relações Exteriores por 15 votos. Houve uma abstenção. A vice-presidência ficará com o senador Cristovam Buarque (PDT-DF).

No biênio 2009-2010, Collor presidiu a Comissão de Infraestrutura e Cristovam, a de Direitos Humanos.

Agência Brasil

22 de fevereiro de 2011

PREFEITO DE MANAUS DIZ PARA MORADORA "MORRER"


O prefeito da capital amazonense Manaus, Amazonino Mendes, ficou em maus lençóis ao se irritar com uma moradora de uma área de risco da cidade. Durante uma visita a uma área vulnerável à ação das chuvas, o prefeito pediu à população que saísse do local, mas foi questionado por uma mulher que afirmou que não tinha condições de sair. ''Nós estamos morando aqui porque não temos condições de ter uma moradia digna'', afirmou a moradora. Amazonino, irritado, respondeu: ''Minha filha, então morra, morra''.

Assista o Vídeo:

video

Diálogo entre Prefeito e Mulher:

Mulher – Eu moro aqui porque não tenho outro lugar digno para morar.
Prefeito de Manaus– Então morra, morra!


COMENTÁRIO - Antônio Jesus Jr.

Este indivíduo, Prefeito de Manaus, deveria sentir vergonha e tratar os moradores (seus eleitores) com mais respeito.

A cidadã que ali estava, apenas perguntou o que ele faria por eles. Já que estavam em uma área de risco a Prefeitura deveria tratar de encaminhá-los a um local de habitação regular. Ao menos este deveria ser o papel da autoridade local. No mínimo deveria ter respondido de forma educada e cordial. Este tipo de problema (ocupação irregular) é bastante comum em todo o Brasil.

Não importa de onde ela veio, se do Pará, do Sul ou de Santa Catarina, ela é moradora da cidade e merece respeito e moradia digna!

O Prefeito mostrou despreparo ao proferir palavras infelizes e a conseqüência natural é sua imagem ficar manchada por este episódio, não só diante de sua cidade, mas de todo o país. Que feio!

21 de fevereiro de 2011

SENADOR PAIM ADMITE QUE MÍNIMO DE R$ 560 NÃO VAI PASSAR


O senador Paulo Paim (PT-RS), dissidente declarado na bancada petista contra a proposta do governo que reajusta o salário mínimo para R$ 545, reafirmou nesta segunda-feira, 21, que não desistiu de apresentar emenda antecipando 2,75% do aumento previsto para 2012.

Essa antecipação eleva o mínimo para R$ 560, valor defendido pelas centrais sindicais. Paim ressalvou, entretanto, que só apresentará a emenda após debater o assunto com a bancada, em reunião convocada para amanhã.

No entanto, Paim reconhece que "a possibilidade de aprovar sua emenda é zero", diante da maioria governista no Senado. Ele acredita que a proposta do governo que reajusta o salário para R$ 545 será aprovada sem dificuldades. Porém, o senador defende o caráter "emblemático" de seu voto contrário, lembrando que foi relator da política de reajuste do salário mínimo na comissão mista e que defende a causa há anos.

A bancada do PT no Senado se reúne amanhã, às 13 horas, com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, para debater a votação do salário mínimo, agendada para quarta-feira. Logo depois, a partir das 16 horas, Paim comandará uma reunião com dirigentes das centrais sindicais e da Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas (Cobap), a fim de discutir sua emenda, defendendo a antecipação do aumento.

Decreto

Paim ressalta, ainda, que votará com o governo na emenda apresentada pelo PSDB contra o dispositivo que autoriza o Planalto a reajustar o valor do mínimo por decreto nos próximos quatro anos.

Segundo o gaúcho, se o projeto de lei garantir a aplicação, até o fim do governo Dilma Rousseff, da fórmula de reajuste em vigor - inflação do ano anterior mais o PIB de dois anos atrás -, isso é o que importa, e não o procedimento para o aumento, se por meio do Congresso ou decreto do Executivo.

Agência Câmara

BOLSA-ATLETA É O PRIMEIRO ITEM DA PAUTA DA CÂMARA NESTA TERÇA


O Senado acrescentou ao texto emenda que concede à Confederação Brasileira de Clubes recursos para formação de atletas olímpicos e paraolímpicos

Passada a votação do novo salário mínimo, a Câmara inicia a semana com uma série de medidas provisórias que trancam a pauta do Plenário. O primeiro item listado para a sessão ordinária de terça-feira, 22, é a emenda do Senado à MP 502/10, que, entre outras medidas, cria dois tipos de bolsa-atleta: para as categorias de base e para os esportistas que estejam entre os 20 melhores das suas modalidades nos rankings mundiais.

A MP havia sido aprovada pela Câmara no último dia 8, mas o Senado acrescentou ao texto emenda que concede à Confederação Brasileira de Clubes, para formação de atletas olímpicos e paraolímpicos, 1/6 dos recursos destinados ao Ministério dos Esportes e provenientes, por exemplo, de prêmios e concursos da Loteria Federal (deduzida a fração repassada às secretarias de esportes dos estados e do Distrito Federal).

Agência Câmara

19 de fevereiro de 2011

SÉRGIO ZAMBIASI DE VOLTA À "LATINHA"

O ex-senador Sérgio Zambiasi, volta a rádio Farroupilha AM a partir desta segunda-feira (21), as 6h, no programa Comando Maior juntamente com Gugu Streit.

Afastado da comunicação desde 2005, quando passou a dedicar-se integralmente à carreira política no Senado, o comunicador assume novamente a função que o tornou conhecido em todo o estado.

O programa Comando Maior, a maior audiência do rádio porto-alegrense está no ar há 25 anos, sendo 20 deles comandado pelo Zambiasi. Gugu Streit que apresentou na ausência do ex-senador continuará na atração a partir das 10h até o meio dia.

O ex-senador retoma também a coluna que leva seu nome na contracapa do jornal Diário Gaúcho, de segunda a sábado, abordando assuntos do cotidiano e a vida real.

18 de fevereiro de 2011

DEPUTADOS FEDERAIS GAÚCHOS DO PMDB VOTAM COM O GOVERNO DILMA



Os Deputados Federais gaúchos do PMDB votaram de forma disciplinada com o governo Dilma para o projeto do novo salário mínimo, de R$ 545,00. Essa fidelidade segue a linha nacional, ditada pelo Vice-Presidente Michel Temer.

Entretanto aqui no sul ainda há divisões e divergências, já que José Fogaça (PMDB), candidato ao governo do Estado, foi derrotado por Tarso Genro (PT). O PMDB, tem como herança da eleição o papel de oposição.

Mas há especulações de que o PMDB gaúcho poderia deixar de ser oposição ao Governo Tarso e também seguir a linha nacional. Será?

NOMEADA PRIMEIRA MULHER PARA CHEFIAR POLÍCIA DO RIO DE JANEIRO

Martha Rocha é a nova chefe da Polícia Ciivil | Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia

A delegada Martha Rocha será a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil do Rio de Janeiro, depois de Allan Turnowski ter deixado o cargo na seqüência da Operação Guilhotina, durante a qual foram presos 30 polícias, militares e civis ligados ao tráfico de droga.

“Não há campo em que a Polícia Civil não vá. Não há área intocável. Onde estiver o crime, a Polícia Civil vai estar atuando”, disse a nova chefe, citada pelo Estado de São Paulo.

“O momento é de trabalhar e não, de falar. A Polícia Civil vai trabalhar com resultados, com metas, mas vamos estar preocupados com a questão da transparência. A Polícia Civil recebeu uma chefe de polícia que adora trabalhar e ama este estado. Estou a ser premiada durante uma trajetória de quase 30 anos e essa premiação não será em vão”, acrescentou.

Martha Rocha entrou para a Polícia Civil em 1983, onde atualmente dirigia a Divisão de Polícias de Atendimento à Mulher. Depois de ser nomeada, a delegada disse que entrou em contato com o presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) para deixar de fazer parte do partido.

A MARCHA DA VITÓRIA NO EGITO


Milhares de pessoas concentraram-se esta manhã na praça Tahrir, no centro do Cairo, para participar na "Marcha da Vitória", no dia em que se comemora uma semana após a queda do regime de Hosni Mubarak.

A iniciativa decorre, ainda, em outras cidades do país, num dia em que também serão lembradas as 365 vítimas mortais dos protestos violentos que levaram ao fim do regime de 30 anos no Egito.

Entretanto, o Nobel da Paz egípcio ElBaradei criticou a forma como o exército está a dirigir a transição após a saída de Mubarak. "Sou crítico da sua atuação porque até agora não fizeram o suficiente. Também não é o seu trabalho. Não sabem como se dirige um país", disse, segundo trecho de uma entrevista a divulgar pela televisão pública austríaca.

DIPLOMA PRATICAMENTE GARANTE VAGA NO MERCADO DE TRABALHO NO BRASIL, DIZ IBGE


O diploma da faculdade já garante a milhares de brasileiros o pleno emprego. É o que diz um levantamento exclusivo do IBGE.

Nas seis principais regiões metropolitanas do país, o estudo mostra que a taxa de desemprego da população que tem nível superior atingiu em 2010 seu menor nível em 8 anos: 3,1% - quase a metade da média nacional (6,7%).

Segundo especialistas, é o mesmo que dizer que praticamente não falta trabalho - ainda que, muitas vezes, fora da área da formação - para quem passou pelos bancos universitários. O “canudo” como é comumente chamado, ou nível superior, é um investimento que traz resultados quase imediatos.

Fonte: IBGE

17 de fevereiro de 2011

GOVERNADOR RECEBE VISITA DA SENADORA ANA AMÉLIA LEMOS

Foto: Caco Argemi/Palácio Piratini

Os projetos de financiamento externo ao Rio Grande do Sul e também da Copa de 2014 que passarão, constitucionalmente, pela aprovação do Senado Federal, pontuaram o encontro realizado pelo governador Tarso Genro com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos. A reunião ocorreu, na manhã desta quinta-feira (17), no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

O chefe do Executivo adiantou que as equipes técnicas do Governo estão à disposição de todos os membros do Senado, indistintamente, no novo ciclo Legislativo que se inicia. "É com muita honra que recebo a senadora Ana Amélia, que reúne todas as condições de prestar um serviço enorme ao Estado e ao país. As portas do Palácio Piratini estão abertas para o diálogo em defesa dos interesses do Rio Grande", destacou Tarso.

Na visita, de caráter institucional, a senadora retribuiu a acolhida do Governo, afirmando que estará alinhada aos interesses do Rio Grande do Sul. "Estou aqui como senadora de todos os gaúchos para atender às demandas que o Estado, por meio do nosso governador, apresentar em Brasília", ressaltou Ana Amélia. "Juntamente com os senadores Paulo Paim e Pedro Simon, faremos uma bancada gaúcha de peso para aprovar os projetos que impactam a economia do Rio Grande do Sul", concluiu.

As informação são do Portal do Governo do Estado do Rio Grande do Sul

16 de fevereiro de 2011

CÂMARA APROVA TEXTO BÁSICO PARA MÍNIMO DE R$ 545


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (16), texto básico do projeto do governo de reajuste do salário mínimo até 2015 e valor de 545 reais para este ano.

O valor do mínimo ainda pode ser alterado em votação ainda nesta noite de dois destaques ao projeto do governo, que estipulam mínimo de 560 reais e 600 reais.

A primeira votação que o governo terá que vencer é do destaque apresentado pelo PSDB, que propõe 600 reais com retroatividade para 1o de janeiro de 2011. A proposta segue promessa de campanha do candidato derrotado à Presidência da República, José Serra.

Se vencer esta votação, os parlamentares da base aliada ainda terão que reunir votos suficientes para derrubar o destaque apresentado pelo DEM, de 560 reais.

As duas votações serão nominais, enquanto o texto básico foi aprovado por votação simbólica.

Durante as discussões da proposta nesta quarta sindicalistas e líderes da oposição já admitiam a vitória do governo com 545 reais. Depois, o projeto do mínimo segue para o Senado.

Fonte: Reuters

CENSURA ESTÁ EM ALTA NO PAÍS, DIZ RELATÓRIO



Brasil bateu recorde de notícias retiradas do Google na campanha eleitoral, aponta o Comitê para Proteção dos Jornalistas, de Nova York


Só na primeira metade do ano passado, o Google foi obrigado, por autoridades brasileiras, a retirar de seus servidores 398 matérias. É um recorde mundial. O dobro do segundo da lista, que foi a Líbia.

Além disso, nos dias finais da corrida eleitoral brasileira os juízes do País emitiram 21 ordens de censura, segundo pesquisa do Centro Knight para o Jornalismo, do Texas (EUA), e muitas agências de notícias foram multadas ou tiveram de remover conteúdos. "Esse quadro mostra que a censura e a autocensura, que vem junto, estão atingindo níveis muito sérios no Brasil", resume Carlos Lauria, do Comitê para a Proteção dos Jornalistas.

Lauria, que vive em Nova York, apresentou ontem em São Paulo o relatório Ataques à Imprensa em 2010 - um livrão de 400 páginas, com outro menor sobre América Latina, num encontro promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). "Nossos levantamentos apontam 44 jornalistas mortos em serviço, no ano passado, e 145 presos, em todo o mundo", revela.

A censura ao Estado, hoje em seu 565.º dia, é o destaque de abertura do levantamento sobre o continente. "É espantoso que num país como o Brasil um dos maiores jornais seja proibido de noticiar um grande escândalo, que envolve figuras políticas conhecidas. Não consigo imaginar o Washington Post, por exemplo, sendo proibido de publicar algo sobre um ex-presidente do país." De São Paulo Lauria vai a Brasília, onde se reunirá amanhã com autoridades do Planalto, da Secretaria das Comunicações e dos Direitos Humanos. Sua agenda inclui uma visita ao Supremo Tribunal Federal.


Artifício

Os levantamentos do CPJ, nos cinco continentes, apontam um novo artifício dos governos para impedir o trabalho da imprensa: eles enquadram os jornalistas em crimes de outra ordem, como subversão ou atos contra o interesse nacional, nos quais as leis sobre imprensa não se aplicam. Isso tem ocorrido no Oriente Médio, no Casaquistão, na África.

Na América Latina, o fenômeno mais grave é o misto de censura e autocensura. México, Honduras, Equador e Venezuela são os países onde, segundo o comitê, os jornalistas vivem momentos mais difíceis. "Há regiões onde o crime organizado manda e a lei é ignorada, como no norte do México", lembrou o coordenador. "Em cidades como Puerto Juarez ou Reynosa há uma rotina de assassinatos, perseguições e sequestros. Sem garantias, o jornalista tem de escolher entre publicar ou mudar sua pauta. Assim as informações vão desaparecendo", resume. "É dramático ver 0 que ocorreu em Reynosa. Foram mortas cerca de 300 pessoas em uma semana e não saiu uma linha em lugar nenhum." As informações são do Estadão.

15 de fevereiro de 2011

SARNEY AFIRMA QUE VOTAÇÃO DO MÍNIMO NO SENADO SERÁ TRANQUILA


No Senado, a votação do projeto de lei do governo que fixa o salário mínimo em R$ 545 será tranquila, segundo o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O assunto não preocupa os líderes da base aliada. O parlamentar afirmou nesta terça-feira (15) que os senadores deverão votar favoravelmente ao projeto do Executivo.

Além de fixar o salário mínimo em R$ 545, a proposta prorroga a regra para a correção anual acordada ainda no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com as centrais sindicais. Até mesmo parlamentares ligados às centrais sindicais e que têm como bandeira a melhoria do salário mínimo, como Paulo Paim (PT-RS), consideram que “não há risco para o governo de perder essa votação no Senado”.

José Sarney destacou que as duas maiores bancadas, PMDB e PT, já acordaram em manter o projeto do governo. “Evidentemente, numa Casa que tem pessoas de tantas responsabilidades e de tão longa vida pública, nós teremos algumas divergências naturais”, acrescentou ele.

O presidente do Senado não acredita que os coordenadores políticos da equipe da presidente Dilma Rousseff irão usar a votação do projeto para mapear quem realmente é da base aliada. Ele ressaltou que pelos próprios mapeamentos que são feitos nessas votações, os líderes sabem com quem se pode ou não contar. “Esse mapeamento para discriminar os condenados à perdição e outros à salvação eu não vi (entre os coordenadores políticos do governo)”.

Agência Brasil

14 de fevereiro de 2011

CÂMARA DE PORTO ALEGRE APROVA A CRIAÇÃO DE FUNDAÇÃO DE SAÚDE


Foi aprovada, no princípio da madrugada desta terça-feira (15), a criação do Instituto Municipal Estratégia de Saúde da Família (Imesf). A votação ocorreu em sessão que foi marcada por polêmica, debates quentes e muita discussão. Foram 26 votos a favor e 10 contra, levando 10 horas para terminar os trabalhos.

o Imesf será uma fundação pública de direito privado com o objetivo de operar uma rede integrada e articulada de serviços de saúde.

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, e o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) estão em posições divergêntes sobre o funcionamento e a forma de contratação para esta fundação, e quanto a questões políticas e legais que possivelmente levarão a discussão adiante.

FENÔMENO SE APOSENTA


Ronaldo Luiz Nazário de Lima, mais conhecido como "Fenômeno", anunciou nesta segunda-feira (14) que está deixando os gramados. Este é o encerramento oficial de sua carreira como jogador de futebol, mas ele diz que sua ligação com o Corinthians irá continuar.

Aos 34 anos, o Fenômeno para com dois títulos mundiais pela seleção (1994 e 2002) e ainda como o maior artilheiro da história das Copas (15 gols).

13 de fevereiro de 2011

“CLIMA" NO EGITO É DE ORDEM PÚBLICA E ESTABILIDADE, RELATA EMBAIXADOR


O embaixador brasileiro no Egito, Cesário Melantonio Neto, afirmou neste sábado (12) que o clima no país é de tranquilidade, um dia após a renúncia do presidente Hosni Mubarak. As manifestações populares, descritas por ele como “de júbilo e muita alegria”, continuam no Cairo, capital egípcia. Jovens colocaram uma pedra de mármore em uma das principais praças da cidade em memória aos que morreram durante os confrontos.

“O ambiente é de estabilidade e de ordem pública. Está tudo sob o controle das Forças Armadas. Hoje não se trabalha, a semana começa apenas no domingo. Estamos esperando para ver”, disse, ao citar o que chamou de “vazio constitucional” deixado por Mubarak, em razão do Parlamento dissolvido.

Para o embaixador do Brasil no Egito, a queda do presidente, depois de quase 30 anos no poder, e a transição para uma sociedade mais democrática podem fortalecer as relações entre os dois países.

O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, afirmou ontem (11) que o governo brasileiro vê com “muita simpatia” o fortalecimento do movimento democrático no Egito.

Em entrevista à Agência Brasil, Neto não descartou a possibilidade de antecipação das eleições presidenciais naquele país, previstas para setembro. O então vice-presidente do Egito, Omar Suleiman, já havia cogitado a hipótese de que o pleito ocorra em agosto.

A oposição no Egito, de acordo com o embaixador, pede a suspensão do estado de emergência e a libertação dos cerca de 10 mil presos políticos – a maioria integrante da Irmandade Islâmica. O toque de recolher já foi reduzido e passou a valer da meia-noite às 6h, uma demonstração, segundo Neto, de confiança na ordem pública por parte das Forças Armadas do país.

“O Exército prometeu uma transição democrática. Acredito que a mudança vá nesse sentido. Tenho essa convicção, neste momento, de um processo tranquilo”, afirmou.

Fonte: Agencia Brasil

11 de fevereiro de 2011

MUBARAK CAI! APÓS 30 ANOS, PRESIDENTE RENUNCIA E TRANSFERE PODER PARA MILITARES


A VITÓRIA DA DEMOCRACIA

Finalmente! Após 18 dias de protestos do povo do Egito e pressão interminável contra o governo, o presidente do Egito, Hosni Mubarak, renunciou ao cargo. Após 30 anos no poder, Mubarak transferiu o comando do país para o Conselho Supremo das Forças Armadas, foi o que informou o vice-presidente, Omar Suleiman, durante uma transmissão na rede de televisão estatal.

"Por causa das atuais circunstâncias no país o presidente Hosni Mubarak decidiu renunciar, e o alto comando do exército está assumindo o controle do país", disse Suleiman. A multidão de manifestantes reunida na Praça Tahrir, no centro do Cairo, vibrou com a notícia.

Ontem à noite, Mubarak afirmou num discurso que estava delegando poderes a Suleiman, mas não renunciou ao cargo, enfurecendo os manifestantes, que continuaram com os protestos mesmo em meio a pedidos das autoridades para que todos voltassem para casa e ao trabalho. Mubarak estava no poder desde 1981.

Essa é uma prova de que "o povo unido jamais será vencido". Quando o povo fica enfurecido, e articula-se em prol de um objetivo, não há soberano que suporte. Que isso sirva de lição aos atuais governantes e detentores de mandatos - PRESTEM ATENÇÃO: Aquele que não faz direito seu papel pode ser varrido do poder!

Por mais que a cultura entre Brasil e Egito seja diferente já assistimos grandes mobilizações, com milhares de brasileiros marchando juntos, como nas "Diretas Já" e conhecemos o poder da multidão nas ruas. Portanto é bom prestar atenção, pois o povo tem força, sim!

Os protestos contra o governo egípcio começaram em 25 de janeiro e deixaram pelo menos 300 mortos e muitos outros detidos e feridos. As informações da Dow Jones e da Al-Jazira.

Fonte: Agência Estado

EMPREGO NA INDÚSTRIA TEM O MAIOR AVANÇO EM 8 ANOS, DIZ IBGE


O emprego industrial teve um avanço de 3,4% em 2010 e reverteu a queda de 5,0% registrada em 2009, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a maior variação desde 2002.

Segundo o IBGE, o emprego industrial encerrou 2010 com a taxa mais elevada da série histórica, refletindo a recuperação gradual do emprego industrial e a baixa da base de comparação em função dos ajustes realizados no mercado de trabalho em 2009, por conta dos efeitos da crise econômica internacional.

As 14 regiões pesquisadas contribuíram com resultados positivos para o crescimento do emprego industrial na comparação com dezembro de 2009. A principal contribuição ficou com São Paulo (3%), vindo a seguir região Nordeste (3,4%), Minas Gerais (3,9%), região Norte e Centro-Oeste (4,6%), Rio Grande do Sul (3,6%), Santa Catarina (3,9%) e Rio de Janeiro (4,4%).

Entre os setores, 13 dos 18 registraram contratações, sendo as principais de Meios de transporte (8,7%) e Produtos de metal (10%). "O índice acumulado no ano teve perfil generalizado de crescimento, atingindo todos os locais e 13 dos 18 ramos pesquisados", acrescentou o IBGE.

Fonte: IBGE

10 de fevereiro de 2011

TRABALHADORES POBRES CONTINUAM SENDO OS MAIS AFETADOS POR DESEMPREGO, DIZ IPEA


A redução do nível de desemprego registrada nos últimos cinco anos e o aumento da taxa de ocupação, com uma sensível melhora na renda obtida pelos trabalhadores, não só não foi suficiente para eliminar as desigualdades sociais, como as ampliou entre os desempregados das seis principais regiões metropolitanas do país.

Segundo técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), enquanto nas regiões metropolitanas de Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Recife a taxa de desemprego geral caiu 31,4% de dezembro de 2005 ao mesmo mês de 2010, entre os 10% mais pobres o desemprego cresceu 44,2%.

Além disso, cresceu também a desigualdade entre os 10% que ganham mais e os 10% que ganham menos. A partir dos dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os técnicos do Ipea constataram que a diferença nas taxas de desemprego dos dois grupos, que em 2005 era de 11 vezes, passou a ser de 37 vezes em 2010.

Enquanto o percentual de desempregados entre os trabalhadores mais bem remunerados baixou de 2,1% para apenas 0,9% do total, entre os mais pobres o índice subiu de 23,1% para 33,3%, um resultado melhor do que o registrado entre os anos de 2007 e 2009, mas ainda muito aquém do verificado entre os do primeiro grupo.

Como consequência deste quadro, a participação dos trabalhadores mais pobres no índice de desemprego cresceu de 37,4% para 45,2% no mesmo período. Já entre os 20% de maior rendimento, o total de pessoas sem trabalho baixou de 7,8%, em 2005, para 6% em 2010.

A conclusão dos técnicos do Ipea é de que, apesar de importantes avanços socioeconômicos, os mais pobres continuam sendo os mais afetados pela falta de trabalho. Fato que, para os técnicos do instituto, pode ser consequência do incremento nos rendimentos dos que estão ocupados.

Os responsáveis pelo estudo divulgado hoje (10), disseram que a pobreza está cada vez mais relacionada ao desemprego e não à má remuneração. Segundo o estudo, é necessário avançar em políticas públicas capazes de reduzir as desigualdades sociais produzidas pelas diferenças de rendimento.

Por outro lado, quando desempregados, os trabalhadores com menor poder aquisitivo passaram a encontrar um novo serviço mais rapidamente que os mais bem remunerados. Em dezembro de 2010, o tempo médio de procura por trabalho para o desempregado entre os que ganham menos foi de 248,3 dias, enquanto em dezembro de 2005 era de 341,4 dias. Já entre os que ganham mais, o tempo de procura subiu de 277 para 320,6 dias, em média.

Fonte: Agência Brasil

9 de fevereiro de 2011

A GUERRA INTERNA DO PDT: ATUALIDADE POLÍTICA ENTREVISTA O VEREADOR JOÃO BOSCO VAZ (PDT-RS)


Após alguns incidentes que causaram constrangimento à Bancada Pedetista, entre os Vereadores Mauro Zacher e Juliana Brizola, o Atualidade Política entrevista com exclusividade o Vereador licenciado para assumir a Secretaria Extraordinária da Copa 2014, João Bosco Vaz do Partido Democrático Trabalhista (PDT-RS) sobre:


A Guerra interna do PDT



Ver. Bosco, qual foi o tamanho do impacto do conflito entre os Vereadores Mauro Zacher e Juliana Brizola dentro do PDT?
Pouco impacto, os dois grupos sempre tiveram uma briga pessoal, que se tornou política. É uma crise localizada.

Como o senhor avalia o comportamento de troca de acusações entre seus colegas de partido e de bancada e o que acha que motivou essa guerra?
Os dois erraram. O assunto deveria ter sido tratado no âmbito do Partido. Tornar pública uma briga pessoal não é bom.

Como estão os ânimos de seus colegas vereadores neste momento?
Tudo tranqüilo, Bancada na Câmara pacífica. Como falei foi um embate pessoal.

A bancada do PDT tem “clima” para continuar trabalhando unida?
Como a Juliana Brizola é Deputada, não está mais na Câmara, não há constrangimento na Bancada.

Acredita que novos episódios de acusação podem voltar a ocorrer?
Não acredito. O Presidente Romildo Bolzan tem cuidado do assunto com tranqüilidade.

Esse incidente atrapalhou a governabilidade do Prefeito Fortunati?
Não. Todos sabem que o embate é localizado, entre dois companheiros de Partido que divergem.

Quais são as conseqüências deste episódio para o futuro eleitoral do partido?
O PDT é muito maior que todos nós, maior que qualquer briga entre seus filiados. Em todos os partidos há focos de desentendimento. Neste caso específico, repito, é um embate pessoal de dois vereadores.


QUEM É JOÃO BOSCO VAZ:

João Bosco Vaz, jornalista, Vereador de 4º mandato, 2005 à 2010 foi Secretário Municipal de Esportes, agora Secretário Extraordinário da Copa 2014, Pós Graduado em Marketing e Metodologia do Ensino Superior.

PSF É APROVADO POR 80,7% DOS USUÁRIOS, MAS HÁ INSATISFAÇÃO EM ALGUMAS ÁREAS, DIZ IPEA

Foto: Divulgação

PSF
: O programa Saúde da Família é o serviço do Sistema Único de Saúde (SUS) melhor avaliado por usuários, segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Os dados foram coletados entre os dias 3 e 19 de novembro de 2010, nas casas de 2.773 pessoas residentes em domicílios particulares permanentes. A amostragem considerou a distribuição dos domicílios no Brasil e as variáveis como sexo, faixa etária, faixas de renda e escolaridade.

No levantamento, 80,7% dos entrevistados avaliaram o programa como "muito bom" ou "bom", 14% como "regular" e apenas 5,4% como "ruim" ou "muito ruim".

Os dados coletados pelo Sistema de Indicadores de Percepção Social (Sips) indicam que o atendimento de urgência e emergência é o serviço do SUS com pior avaliação, sendo reprovado por 31,4% dos usuários. Ainda assim, 48,1% dos entrevistados consideraram "bom" ou "muito bom" o serviço, enquanto 20,7% o qualificaram como "regular".

Centros e Postos de Saúde: Os centros e postos de saúde têm rejeição próxima a dos atendimentos de urgência e emergência, com 31,1% de avaliações negativas e 44,9% de opiniões favoráveis.

Distribuição de Medicamentos: No estudo, a distribuição de medicamentos foi o segundo item mais aprovado pelos entrevistados, com índices de 69,6% e 11% de avaliações positivas e negativas, respectivamente.

Médicos Especialistas: Os médicos especialistas obtiveram aprovação de 60.6% dos usuários entrevistados, sendo reprovados por 18,8% das pessoas ouvidas pelo Ipea.

Sugestões dos usuários: Aumentar o número de médicos e reduzir o tempo de espera para atendimento são as principais melhorias sugeridas por brasileiros para o Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com pesquisa divulgada hoje (8) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Planos de Saúde: A pesquisa ouviu também pessoas que pagam planos de saúde. As principais razões citadas para aderirem ao segmento da saúde suplementar foram: pela maior rapidez para consultas ou exames (40%); por ser um benefício fornecido gratuitamente pelo empregador (29,2%); pela maior liberdade para escolha do médico que fará o atendimento (16,9%).

Já o principal problema apontado pelos entrevistados em planos de saúde é o preço da mensalidade (39,8%), seguida pelo fato de algumas doenças ou procedimentos não serem cobertos pelo plano (35,7%).

8 de fevereiro de 2011

INFLAÇÃO OFICIAL REGISTRA MAIOR TAXA DESDE 2005, DIZ IBGE


A inflação oficial medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) teve variação de 0,83% em janeiro, com aceleração ante o resultado em dezembro (0,63%), de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
É a maior taxa para o índice desde abril de 2005, quando houve variação de 0,87%.

No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA teve alta de 5,99%, acima dos 12 meses imediatamente anteriores (5,91%) e do centro da meta (4,5%). Em janeiro de 2010, o índice havia ficado em 0,75%.

Os grupos alimentação e bebidas e transportes foram os principais responsáveis pelo resultado de janeiro.

Os alimentos tiveram alta de 1,16%, com recuo ante dezembro (1,32%). A região metropolitana do Rio de Janeiro apresentou o maior resultado para esse grupo (1,86%) devido às chuvas que afetaram as lavouras em polos produtores da região serrana.

Alguns itens tiveram taxas de crescimento menos acentuadas de dezembro para janeiro, como refeição em restaurante (de 1,98% para 0,97%), frango inteiro (de 4,81% para 0,93%), carne seca (de 5,82% para 2,49%), açúcar cristal (de 2,06% para 1,59%) e leite pasteurizado (de 1,61% para 0,75%).

As carnes, que vinham liderando as maiores contribuições nos meses anteriores, apresentaram queda de 0,19% em janeiro, frente alta de 2,25% anteriormente.

A taxa dos produtos não alimentícios ficou em 0,73%, acima da variação de dezembro (0,42%). Com aumento de 4,13%, as tarifas dos ônibus urbanos foram responsáveis pelo maior impacto individual, refletindo aumentos nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte e São Paulo.

INPC

O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) apresentou variação de 0,94% em janeiro, ante 0,60% em dezembro. Em 12 meses, o índice acumula alta de 6,53%, também acima dos 12 meses imediatamente anteriores (6,47%).

A variação dos produtos alimentícios foi de 1,02% em janeiro, enquanto os não alimentícios subiram 0,90%. Em dezembro, os resultados haviam ficado em 1,12% e 0,37%, respectivamente. As notícias são da Folha.

7 de fevereiro de 2011

PARLAMENTARES PETISTAS BRIGAM PELA PRESIDÊNCIA DA CCJ


A bancada do PT na Câmara está em pé de guerra. De um lado estão os aliados do recém-eleito presidente da Casa, Marco Maia (RS). Do outro, o grupo ligado a Cândido Vaccarezza (SP), reconduzido à liderança do governo pela presidente Dilma Rousseff. O principal alvo da disputa é a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Estão no páreo os deputados João Paulo Cunha (SP), apoiado pelo grupo de Vaccarezza, e Ricardo Berzoini (SP), defendido por aliados de Maia. Adversários de João Paulo o acusam de buscar "proteção" na presidência da CCJ. O deputado é réu do escândalo do mensalão, que deve ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) este ano. A CCJ é fundamental para a tramitação de projetos de interesse do Judiciário.

As relações pioraram após a escolha de Maia para concorrer à presidência da Câmara, expondo a disputa dentro da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), da qual o gaúcho e Vaccarezza fazem parte. Membros da bancada definem essa divisão como "mensaleiros versus não mensaleiros". O grupo contrário à indicação de João Paulo alega que a bancada não pode "carregar o peso" de ter um réu do mensalão comandando a CCJ.

Por sua vez, a turma de Vaccarezza acusa Berzoini e seus aliados de serem "rebeldes", já que não conseguiram emplacar ninguém nos cargos mais importantes do governo. Os petistas de Minas, por exemplo, cobram um lugar para o ex-ministro Patrus Ananias. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

6 de fevereiro de 2011

GOVERNO FIRMA PACTO COM A CÂMARA DOS DEPUTADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO RS

Foto: Caco Argemi / Palácio Piratini

Em reunião no Palácio Piratini, o governador Tarso Genro e o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, firmaram nesta sexta-feira (4) acordo com o objetivo de ampliar os investimentos do Governo Federal no Rio Grande do Sul. "O presidente da Câmara é um aliado fundamental do nosso governo e acabamos de fazer um pacto político formal", afirmou Tarso. "Queremos ter uma conexão muito forte com o Rio Grande e poder contribuir com o governo e desenvolvimento do Estado", disse Maia.

No encontro, Tarso Genro e Marco Maia examinaram também a importância das emendas parlamentares no reforço do Orçamento da União para obras no RS. Um dos investimentos tratados, e que está incluído no pacto, é o das obras de duplicação da ERS-118. "Esse será um empenho do nosso governo, no qual teremos o respaldo do presidente Marco Maia para solucionar em definitivo a questão da ERS-118, que atravessa sucessivos governos", afirmou Tarso.

Na sua próxima reunião com o Banco Mundial, em Brasília, o governador adiantou que agendará encontro com o presidente da Câmara dos Deputados e com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, para encaminhar a questão da ERS-118. "Vamos trabalhar uma emenda específica, talvez de toda a bancada gaúcha, com o apoio do presidente da Câmara, para o orçamento de 2012, pois essa obra é para dois ou três anos", observou o governador.

Para a duplicação da ERS-118, um grande gargalo rodoviário do Estado, é necessário o reassentamento de, aproximadamente, mil famílias residentes às margens da estrada, entre os municípios de Gravataí, Sapucaia, Esteio e Cachoeirinha. Para o governador Tarso Genro, o momento é favorável ao RS. "Temos agora a presidenta Dilma e o presidente da Câmara, que se comprometeu em ter essa questão da ERS-118 como um marco de apoio como ao projeto do nosso governo. Temos certeza que vamos, finalmente, responder a essa questão", concluiu o governador.

Segundo o presidente da Câmara, o tema da ERS-118 aflige os moradores da Região Metropolitana. Será, por isso, buscado um marco legal que viabilize o investimento. "Não tenho dúvida de que a bancada gaúcha será parceira, coparticipante e irá contribuir de forma decisiva para enfrentarmos o problema", registrou Maia. O deputado aproveitou o momento para reafirmar sua parceria com o governador Tarso Genro em relação ao futuro. "Quero, lá de Brasília, contribuir com o teu trabalho e com o desenvolvimento do Rio Grande", disse o parlamentar.

Fonte: Portal do Estado do Rio Grande do Sul

5 de fevereiro de 2011

A "LUTA DO SÉCULO" DURA 1 ROUND - SILVA MANTÉM CINTURÃO


A foto acima é o resumo da Luta entre Vitor Belfort e Anderson Silva. Um chute certeiro de esquerda de Silva, que mantém o cinturão da categoria dos pesos médios.

O golpe foi violentíssimo e atingiu Belfort em cheio (ele estava com a guarda aberta no momento do chute). Silva foi rápido e preciso e finalizou o combate com este chute. Belfort ficou no chão e teve dificuldades de levantar.

Esta é a 13ª vitória seguida de Anderson Silva. Vitor Belfort estava a algum tempo longe dos ringues do UFC. A "luta do século" entre brasileiros era aguardada pelo mundo inteiro e durou apenas um round e com pouca troca de golpes. Silva foi muito rápido!

A LUTA DO SÉCULO: ANDERSON SILVA X VITOR BELFORT NO UFC


Para os fãns do Ultimate Fighting Championship (UFC), que é uma organização americana de MMA (Valetudo ou Full Contact NHB), essa noite será quente.

Considerado um dos maiores duelos de todos os tempos, "a luta do século" será na madrugada deste sábado para domingo, acontece o combate entre os brasileiros Anderson “Aranha” Silva e Vítor “O Fenômeno” Belfort, pelo cinturão dos meio-pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC), com transmissão por pay-per-view no canal Combate.

Rodeada de polêmicas, provocações e discussões nos bastidores, a luta promete. Isso porque o Aranha, com seu estilo polêmico, defende o cinturão e não sabe o que é perder desde que entrou para o clã de lutadores do UFC. Já Belfort, bateu nomes como Rich Franklin, Randy Couture e seu compatriota Wanderlei Silva. Ele retorna aos ringues do UFC após um tempo distante do MMA. Lutador antigo do UFC, “O Fenômeno” já conquistou o cinturão dos meio-pesados no UFC 42 e se destaca pelo peso e rapidez de seus golpes.

O combate é o mais aguardado entre os amantes do MMA.

APAGÕES AUMENTAM 90% EM APENAS DOIS ANOS



O registro de número de apagões graves, como o que acaba de atingir sete Estados do Nordeste, quase dobrou nos últimos dois anos. É o que nos diz o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Especialistas atribuem o aumento à falta de investimentos e ao clima adverso.

Segundo boletins do ONS, foram registrados no ano passado 91 desligamentos superiores a 100 MW (o equivalente ao consumo médio de uma cidade com 400 mil habitantes). Em 2009 foram 77 desligamentos acima de 100 MW e em 2008 foram 48.

O número de blecautes caiu entre 2005 e 2008, mas voltou a subir em 2009. Naquele ano, o apagão mais abrangente na história do país deixou sem o fornecimento de energia 70 milhões de pessoas em 18 Estados.

Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, minimizou o incidente essa semana e disse que o sistema brasileiro é melhor do mundo. Se este é o melhor sistema do mundo, como será o pior?

A Presidente Dilma Rousseff enfrenta o seu primeiro apagão. Ela conversou nesta sexta (4) com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e cobrou providências.

fonte: Folha

4 de fevereiro de 2011

ROMÁRIO JOGA FUTEVÔLEI EM DIA DE SESSÃO PARLAMENTAR

Foto: Marcos Freire

Mal assumiu o mandato, e o ex-atleta e deputado federal Romário (PSB) demonstra a que veio. Assim como não gostava de treinar, na política não é diferente e só participará das votações. Parece que o negócio do baixinho é apenas fazer gol, né peixe? Como de costume.

Nesta quinta-feira (3), por volta de 17h, enquanto transcorria a primeira sessão legislativa do ano no Parlamento, Romário estava em uma animada pelada de futevôlei na praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Que beleza! Cenário perfeito: amigos, sol, praia, mulherada, que maravilha!!!

Para tentar enganar o eleitorado, chegou a marcar presença no painel, mas logo pegou um avião para sua casa. No Congresso, a sessão começou às 14h e terminou às 18h40m. Como não era deliberativa, as ausências que são registradas não descontam dos salários. Sem prejuízo, “barra limpa peixe”.

Enquanto o baixinho jogava bola no Rio, teve muitos parlamentares, de vários estados do Brasil, trabalhando duro e apresentaram 170 projetos de lei, uma emenda constitucional, cinco projetos de resolução e três projetos de lei complementar. O povo deveria prestar mais atenção nos que trabalham!

Mas afinal, a culpa é de quem? Do baixinho Romário ou do eleitor? Eu digo a vocês!

Enquanto os eleitores tiverem “titica de galinha” na cabeça e votarem em estrelas, famosos e rostos bonitos, sem analisar as propostas e o potencial de trabalho de seus candidatos o resultado será sempre o mesmo.

Romário não vai mudar, já quem votou nele, esperamos que mude na próxima eleição, na hora do voto, para não termos mais, “Tiriricas, Romários, Popós” e outros engraçadinhos valendo-se de um cargo eletivo para viver de mordomias, sem responsabilidade nem compromisso social.

Sempre admirei o jogador Romário nos campos, mas o Deputado jogar futevôlei em dia de trabalho é gol contra. Bola fora!

GOOGLE ACUSA BING DE PLAGIAR RESULTADOS DE BUSCA


O Google acusou na terça-feira (1) a Microsoft de copiar os resultados gerados por seu serviço de busca e oferecê-los aos usuários do Bing, criado em 2009. As acusações foram publicadas pelo blog "Search Engine Land".

"Passei toda minha carreira perseguindo um bom buscador. Não tenho problemas com um concorrente que desenvolva um inovador, mas copiar não é inovação", disse o engenheiro do Google Amit Singhal.

Segundo a companhia, os técnicos do Google começaram a suspeitar das práticas do Bing em maio do ano de 2010, quando, comparando as buscas, comprovaram que o site da Microsoft oferecia os mesmos resultados que os seus.

Com a passagem dos meses, a companhia observou que os resultados do Bing eram cada vez mais semelhantes com os do Google. A cópia dos resultados teria sua origem por meio dos usuários do Internet Explorer, navegador que Microsoft, que usam o Google como buscador. Cada vez que eles faziam uma pesquisa, o navegador notificava o Bing sobre o processo e os resultados.

fonte:g1

LULA SAI E DEIXA LIXO NA SALA


Este é o recorte de uma crônica escrita
em 18/01/11 no Jornal do Comércio.

Por João Pierotto - Consultor



Há quatro anos os brasileiros convivem com o abrigo que o País está dando a um foragido da Justiça italiana chamado Cesare Battisti. Criminoso condenado à prisão perpétua em seu país, vive às nossas custas com todas as mordomias, e mais, tem defensor público de graça.

Acredito que muitos brasileiros têm a mesma dúvida que eu, em relação a este caso, e muitas perguntas estão sem respostas. A Justiça italiana está sendo tão injusta com esse indivíduo? Qual é o compromisso que o Brasil tem com esse condenado para defende-lo tanto assim? Se as autoridades brasileiras têm tanta convicção da sua inocência, porque mantê-lo no cárcere até hoje? A Justiça brasileira está tão folgada que sobra tempo para defender criminosos estrangeiros? A Justiça brasileira é mais justa que a Justiça italiana?

Como ficam as relações diplomáticas entre Brasil e Itália? Quais os benefícios que este condenado irá trazer para o País? Só falta, para completar este tremendo equívoco, a sua total liberdade, um cargo público e concessão de cidadania brasileira. Hoje, o povo brasileiro está pagando a conta. Vejam que não é nada barato sustentar um condenado estrangeiro, observem o aparato para cada deslocamento.

O Brasil não tem vagas para os nossos marginais, mas mesmo assim abriga de graça condenado estrangeiro. Qual o cidadão que aceita que joguem lixo no seu quintal? Que valores tem esse condenado para que o presidente da República afronte os princípios de justiça, democracia e cidadania brasileira?

Como explicar para os nossos filhos e netos que o crime não compensa? O então presidente da República, senhor Luiz Inácio Lula da Silva, deixou o governo com alto índice de popularidade, durante seus oito anos de mandato divulgou ao mundo, “e bem”, como se vive democraticamente no Brasil e o respeito à Justiça.

Lamentavelmente, o senhor Lula não teve coragem de agir como verdadeiro guardião da soberania brasileira. Foi embora e deixou o lixo na sala.


Quem é João Pierotto:

João Pierotto foi presidente da Setcergs, vice-presidente da Fetransul, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) do município de Canoas e atua como Consultor. É autor do livro: Acidente de transito – como evitar.

3 de fevereiro de 2011

GOVERNO FEDERAL VAI OFERECER REMÉDIOS CONTRA HIPERTENSÃO E DIABETE DE GRAÇA


O governo anunciou medida, nesta quinta-feira (3), do programa Aqui Tem Farmácia Popular que vai oferecer medicamentos contra hipertensão e diabete de graça. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 900 mil hipertensos e diabéticos devem ser beneficiados com a medida.

As 15 mil farmácias e drogarias privadas conveniadas ao programa têm até o dia 14 de fevereiro para se adaptar à medida. Qualquer brasileiro pode ter acesso aos medicamentos desde que apresente um documento com foto, o CPF e a receita médica.

O programa vai oferecer ainda remédios subsidiados para mais cinco doenças: asma, rinite, Mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma, além de fraldas geriátricas. No total, são 24 tipos de medicamentos.

2 de fevereiro de 2011

O DIA DE NAVEGANTES

Foto: Antônio Souza Jr.

Nesta quarta-feira, dia 2 de fevereiro, mais de 60 mil romeiros foram ao encontro de Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira de Porto Alegre. Essa é a festa religiosa mais popular da capital e cumpre um ritual tradicional. A imagem da santa sai, em procissão, da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no centro e vai até a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, zona norte da capital.

Adultos, crianças e idosos, acompanharam a procissão de perto, rezando e cantando junto à imagem da santa. Quando ela surgiu em frente à Igreja, centenas de devotos foram as lágrimas, com os rostos agradecidos e cheios de esperança. Por onde ela passou a comoção foi geral.

Estiveram presentes na festa de Navegantes, o Governador Tarso Genro (PT), o Prefeito José Fortunati (PDT), O Presidente da Assembléia Legislativa, Adão Vila Verde (PT) e a Presidente da Câmara de Vereadores, Sofia Cavedon (PT).

O Atualidade Política entrevistou o comando das operações do festejo de Navegantes, Cel. Robilar Pacheco, que explicou que o evento tem duas partes: a primeira; da procissão, onde circulam em média 60 mil romeiros, momento mais voltado aos fiéis. E a segunda; momento mais festivo. “A primeira parte é mais tranqüila, já a segunda o público e os ânimos são diferentes e o trabalho da Brigada Militar é redobrado”, afirma.

Segundo o Cel. Pacheco, suas maiores preocupações não são os delitos que possam ocorrer, mas as condições de saúde das pessoas, devido ao calor, cansaço e a problemas de saúde, “tem muitas pessoas idosas que pagam promessas e andam com os pés descalços e de joelhos, essas precisam de uma assistência mais próxima” explica.

Ao final da entrevista o Cel. Robilar disse acreditar que o publico bata recorde esse ano e ultrapasse 100 mil pessoas até meia noite, horário que pretende fechar com chave de ouro a operação.

A BM conta com um contingente de 400 policiais no local, que fiscalizam e inibem cobranças de flanelinhas, fazem prevenção de delitos e protegem da população. Essa é a 41ª Operação Navegantes e a mais de 40 anos a BM acompanha a festa.

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site