25 de janeiro de 2011

ATUALIDADE POLÍTICA ENTREVISTA ELIR DOMINGO GIRARDI



Ex-prefeito por três mandatos em Igrejinha e candidato a Deputado Federal em 2010. O Atualidade Política entrevista com exclusividade Elir Domingo Girardi (PTB-RS).


ENTREVISTA:


Qual a sua avaliação geral sobre as Eleições 2010?

Na Democracia, pelo voto o eleitor escolhe seus representantes. A ficha limpa, o rigor na prestação de contas, a postura, a ética, os cuidados nas receitas e despesas de campanha fez com que a preocupação com o legal se acentuasse. Isso é bom.

O eleitor continua não avaliando os benefícios de regionalizar o voto, tanto financeiro, através das emendas, como na representatividade, por ter alguém da região para defender os interesses regionais.

Neste pleito houveram algumas mudanças que trouxeram mais seriedade ao processo eleitoral, exigindo dos candidatos algo mais que a simples vontade de concorrer. A disponibilidade financeira foi decisiva nestas eleições. Os candidatos que dispunham de maior financiamento da campanha tiveram mais possibilidade de ampliar a área de ação e abordar os eleitores com suas propostas podendo assim ter sucesso eleitoral.

O resultado muitas vezes não reflete em quadro qualificado ao exercício do mandato, pois a cultura dos eleitores, na grande maioria, não direciona o voto ao candidato com conhecimento para o desempenho da função. O processo de qualificação durante os mandatos custa caro a população, pois leva algum tempo para compreender a engrenagem e conhecer os caminhos.

Com esta visão acredito que os itens abaixo podem contribuir com este tema:

- Voto distrital;
- Patrocínio público das campanhas para igualar a ação de campanha;
- Remeter aos partidos a obrigação de oferecer à sociedade candidatos bem informados e qualificados antes das eleições, melhorando o nível das campanhas pelo conhecimento e o exercício do mandato pela qualificação


E como avalia seu desempenho pessoal no último pleito?

O somatório das atividades da nossa vida pregressa, o alcance das propostas de campanha, os recursos disponíveis e equipe comprometida são peças chave para o sucesso eleitoral. Considerando os poucos recursos disponíveis, que limitaram a área de atuação, o desempenho foi muito bom. Foram quase 28.000 votos e em torno de 24.000 no Vale do Paranhama, reflexo das gestões quando prefeito de Igrejinha e envolvimentos em assuntos da região, aliado ao apoio de milhares de simpatizantes.


O que pensa sobre o aumento de salário dos Deputados?

Quando falamos em salário dos políticos, sempre achamos que é demais e isto acontece em todas as esferas

A Constituição estabelece igualdade de tratamento entre os poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário mantendo a independência. Entende-se que esta relação deve ter paridade e considerando este aspecto, também se aplica aos salários que devem ser nivelados para cima ou para baixo, não guardando privilégios a nenhum dos poderes.

Também devemos considerar que os políticos abandonam suas atividades profissionais e econômicas e se distanciam de suas famílias para se dedicar de forma integral às questões públicas, que a todos pertencem.

Se quisermos manter a Democracia e a liberdade que ela representa, precisamos fortalecer este pilar e dar aos representantes condições de atuar com isenção no mandato.


Na sua opinião, quais são os desafios da gestão das capitais brasileiras?

A logística no tráfego, alternativas para os cinturões e invasões, saneamento, segurança, habitação e a melhoria na qualidade de vida da população.


O Sr. Pretende candidatar-se a prefeito do município de Igrejinha em 2012?

O futuro é indefinido e a Deus pertence. Na vida muitas vezes não escolhemos o caminho, principalmente quando estamos envolvidos na política. Tudo é possível.


Caso Cesare Battisti: O Brasil inteiro discute o caso Battisti, na sua opinião, ele deve permanecer preso no Brasil ou ser extraditado para a Itália?

Não conheço a legislação e os acordos Brasil-Itália. Devemos sempre pagar quando se deve; falar o que se pode cumprir e respeitar as leis, os acordos e contratos. Portanto, se existe acordo de extradição e o Cesare estiver enquadrado nestes acordos, deve ser deportado.


Acredita que será realizada a tão necessária reforma política no Governo Dilma?

A Presidente Dilma tem tudo para fazer acontecer a reforma política. Tem maioria no Congresso até para estimular a necessária Revisão Constitucional. Acredito que desta vez vai.


Quais suas sugestões para uma reforma política no Brasil?


Para fortalecer a DEMOCRACIA, a reforma política deverá contemplar:

- O voto distrital
- O patrocínio público das campanhas para nivelar as ações dos candidatos;
- Dar conhecimento e qualificação aos candidatos, responsabilizando os partidos nesta tarefa, oferecendo à sociedade pessoas preparadas para o exercício do mandato.
- Candidatos que estão no exercício dos mandatos e possuem assessorias de gabinete e os demais candidatos devem ter tratamento igualitário.
- A revisão da Constituição Brasileira poderá contemplar todas as reformas que estão tramitando no Congresso, incluindo aí a Reforma Política.
- Na revisão Constitucional, as reformas seriam discutidas e implementadas por uma Assembléia Constituinte, que deveria ser exclusiva e com tempo certo de inicio e fim e certamente com a missão de revisá-la no todo.


Na sua opinião, quais são as prioridades de Dilma frente ao desafio de governar o Brasil?

- Manter o nível de crescimento do País;
- Manter o equilíbrio da inflação.
- Equilibrar as relações políticas entre os aliados.


QUEM É ELIR DOMINGO GIRARDI:

ELIR DOMINGO GIRARDI tem 58 anos, é casado com Lili Marlene Girardi, tem dois filhos: Stefano Girardi Neto e Francine Girardi, reside em Igrejinha-RS, desde 1980. É formado em Ciências Contábeis pela UNIVATES de Lajeado, exerceu suas atividades como auxiliar de contabilidade da industria Haenssgen & Cia. Ltda, em Cruzeiro do Sul, ex funcionário do Banco do Brasil onde trabalhou por 23 anos; ex-Presidente da CNEC – Igrejinha: ex-Prefeito de Igrejinha por 3 mandatos(1993 a 1996 – 2001 a 2004 – 2005 a 2008); ex-Presidente da AMVRS – Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos, por 3 mandatos; ex-Presidente da FAMURS – Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (2008 a 2009) e Consultor Empresarial.

Nenhum comentário:

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site