4 de dezembro de 2010

PMDB FICA COM SEIS MINISTÉRIOS


Após muita confusão, barulho e indecisão, a presidente eleita, Dilma Rousseff, acertou ontem (3), que o PMDB ficará com seis pastas, entre elas: Previdência, Turismo, Minas e Energia e Agricultura.

Uma quinta vaga está sendo negociada na cota do vice-presidente, Michel Temer. E o partido terá ainda a Defesa, com Nelson Jobim.

Em reunião na Granja do Torto, o senador Aloizio Mercadante (SP) foi convidado a assumir o Ministério de Ciência e Tecnologia e aceitou.

Conforme nota divulgada pela assessoria, Dilma tornou oficial os nomes: Antonio Palocci para a Casa Civil, Gilberto Carvalho na Secretaria-Geral da Presidência e José Eduardo Cardozo no Ministério da Justiça. Agora são seis os ministros já confirmados.

Dilma vai anunciar ainda Edison Lobão (Minas e Energia) e Wagner Rossi (Agricultura), mas adiou o anuncio atendendo a um pedido da cúpula. Pela solução encontrada para resolver a crise, o PMDB terá duas pastas na cota dos deputados e duas na dos senadores.

O deputado Mendes Ribeiro Filho é dado como certo no Turismo, mas ainda não foi confirmado. A escolha tem por objetivo abrir uma brecha na Câmara para o ex-ministro Eliseu Padilha (RS), que é amigo de Michel Temer.

O espaço do PMDB no governo foi tema de debate nos últimos dias, tomando grande parte do tempo da presidente eleita.

Nenhum comentário:

Cotações do Dolar e do Euro

Pesquisar este Site